Todos os artigos de suzana

A pessoa certa…..

Examine os desejos da sua alma e pergunte a Si mesma quem é….

O que quer verdadeiramente na vida….

E o que o universo quer de si….

Ao tornar-se a pessoa certa, o seu verdadeiro eu, aprende a ver o amor de uma perspetiva mais alargada. Quando estiver feliz com a sua pessoa, atrairá automaticamente a pessoa que ecoa o seu estado de consciência pacifico e confiante.

Ao tentar procurar a pessoa certa, só estará a tentar preencher um vazio dentro de si. Primeiro aceite-se como é. Quando encontra verdadeiramente o amor, encontra-se a si mesmo.

A falta de autoconfiança pode dificultar a sua capacidade de amar outra pessoa em pé de igualdade. Se luta para se amar e aceitar, está a dizer ao universo que não é digno do amor que merece.

O primeiro passo para a autoaceitação é ter intenção de dar amor. Você pode dar amor ajudando os outros e seguindo o seu coração. Á medida que persegue o seu sonho, conquista capacidades e compreensão, o que aumenta a sua competência e autoconfiança. Você mostra o que tem a seu favor, o que, mais cedo ou mais tarde, será apreendido por alguém cujos valores o objetivos são iguais ou completam os seus.

coracao em fogo

” Tente simplesmente amar e manifestar o seu amor. Quando o seu coração está aberto, há uma energia de amor que flui, enchendo tudo, e de alguma forma transforma-se em ações. E então vê que a sua vida está a mudar. E pergunta a si mesmo- Mas porquê? Eu não fiz nada. Eu não aprendi uma coisa nova. Você aprendeu, mas não a um nível consciente. Aprendeu porque o seu coração está aberto”

Paulo Coelho

 

 

Amor e Compaixão

A compaixão é o que dá mais sentido às nossas vidas, fonte de felicidade e alegria.

É a estrutura de um bom coração, aquele que age motivado pela vontade de ajudar os outros. Age por meio da bondade, afeto, honestidade e justiça. Não há como negar que a consideração pelos outros é algo de valor.

Não se pode negar que a nossa felicidade está entrelaçada à felicidade dos outros. Se a sociedade sofre… nós também sofremos.images

Não podemos escapar à necessidade de amor e compaixão, mas podemos rejeitar doutrina e religião.

Nosso próprio coração e a nossa mente são o templo. A doutrina é a compaixão. Amor pelos outros e respeito por seus direitos e a sua dignidade, sejam eles quem forem, é só afinal o que precisamos ter.

 

Formula da Felicidade

Certo dia, nesta procura de saber quem realmente sou ( sim porque sou muito curiosa), perguntaram-me se era feliz…. hum pois, voltas e voltas na cabeça, olhar vago, engasgando-me lá respondi- Então ser feliz é ver o sorriso dos meus amigos, ver a felicidade nos olhos dos meus sobrinhos.

A resposta que obtive realmente fez com que o chão estremecesse. Ah! Então projetas a tua felicidade nos outros.

Não era mesmo isto que estava à espera e fixei o olhar na parede branca sentindo uma lágrima escorrer pela face. Eis uma pergunta que aparentemente parece tão fácil, no entanto deixou-me aterrorizada. Foi então que senti um enorme vazio e compreendi – bolas eu não sou feliz! Mas como faço para ser? O que falta? Pois é uma simples questão que nos faz pensar e olhar bem para dentro de nós. O que fazer? Onde está essa tal de felicidade? No Amor? Amigos? Família?

Pois é… não é fácil. E que tal procurarem dentro de vocês mesmos, ela está lá acreditem, bem escondida à espera de uma oportunidade para sair. Conhecam-se, o bom o mau. Os vossos defeitos, os vossos erros, aceitem-nos como pertencentes a vós. Transformem-nos em virtudes. Peçam desculpa a vocês próprios, não se critiquem. Peçam desculpa pelos vossos erros.

Aceitem-se como um todo.

Este é o primeiro passo para ser Feliz, o aceitar…… e o resto, bem tudo o resto virá por acréscimo

Por isso até logo, que eu vou só ali….

ser-feliz

ser Feliz!

 

A linguagem do Coração

O coração é muito mais que um órgão vital. O seu coração é o centro dos seus sentimentos. Como diz o livro dos provérbios, “Como pensa com o coração, assim é o homem”. Quando expressa as suas emoções mais profundas, leva instintivamente a sua mão ao coração. E quando aponta para si mesmo numa conversa, aponta para o coração e não para a cabeça.

A nossa linguagem está cheia de expressões que se referem ao coração como o centro dos nossos sentimentos. Descrevemos uma pessoa que é afetuoso como tendo “bom coração” e uma pessoa que é insensível como “sem coração”. Uma pessoa está perto do seu coração quando gosta muito dela. Dá o seu coração a alguém quando o encoraja. Perde o seu coração quando se apaixona. Mas, para mim, a frase mais encantadora de todas é – siga o seu coração, para fazer o que mais gosta.

A linguagem do coração é os sentimentos. Quando segue o seu coração, escuta, não com a cabeça, mas com o que sente que está certo. A voz da sua alma também fala através do seu coração, que como uma bússola, lhe aponta a direção certa. A sua alma, a sua essência espiritual, está no interior do seu coração.cora_o

 

Exercício para ouvir a voz do seu coração:

Para se ligar ao seu coração, procure um lugar tranquilo. Sente-se e silencie os seus pensamentos. Esvazie a sua mente. Afaste suavemente quaisquer pensamentos que o preocupem. Respire para o silêncio da sua mente, para o espaço que abriu ali. Escute as suas sensações sem palavras. Poderá ouvir uma voz suave e tranquilizadora – não com os seus ouvidos, mas com as suas sensações. É a voz do seu coração a dizer-lhe que vai ficar tudo bem.

Quando escuta a voz interior do seu coração, fica em maior sintonia com a sua vida. Recupera o seu sentido de direção. Desenvolve um sentido renovado de quem é. Sabe o que quer fazer e porquê.

 

 

Ninguém consegue fugir do seu coração. Por isso, é melhor escutar o que ele diz.

Paulo Coelho, O Alquimista