Arquivo de etiquetas: coração

A pessoa certa…..

Examine os desejos da sua alma e pergunte a Si mesma quem é….

O que quer verdadeiramente na vida….

E o que o universo quer de si….

Ao tornar-se a pessoa certa, o seu verdadeiro eu, aprende a ver o amor de uma perspetiva mais alargada. Quando estiver feliz com a sua pessoa, atrairá automaticamente a pessoa que ecoa o seu estado de consciência pacifico e confiante.

Ao tentar procurar a pessoa certa, só estará a tentar preencher um vazio dentro de si. Primeiro aceite-se como é. Quando encontra verdadeiramente o amor, encontra-se a si mesmo.

A falta de autoconfiança pode dificultar a sua capacidade de amar outra pessoa em pé de igualdade. Se luta para se amar e aceitar, está a dizer ao universo que não é digno do amor que merece.

O primeiro passo para a autoaceitação é ter intenção de dar amor. Você pode dar amor ajudando os outros e seguindo o seu coração. Á medida que persegue o seu sonho, conquista capacidades e compreensão, o que aumenta a sua competência e autoconfiança. Você mostra o que tem a seu favor, o que, mais cedo ou mais tarde, será apreendido por alguém cujos valores o objetivos são iguais ou completam os seus.

coracao em fogo

” Tente simplesmente amar e manifestar o seu amor. Quando o seu coração está aberto, há uma energia de amor que flui, enchendo tudo, e de alguma forma transforma-se em ações. E então vê que a sua vida está a mudar. E pergunta a si mesmo- Mas porquê? Eu não fiz nada. Eu não aprendi uma coisa nova. Você aprendeu, mas não a um nível consciente. Aprendeu porque o seu coração está aberto”

Paulo Coelho

 

 

Amor e Compaixão

A compaixão é o que dá mais sentido às nossas vidas, fonte de felicidade e alegria.

É a estrutura de um bom coração, aquele que age motivado pela vontade de ajudar os outros. Age por meio da bondade, afeto, honestidade e justiça. Não há como negar que a consideração pelos outros é algo de valor.

Não se pode negar que a nossa felicidade está entrelaçada à felicidade dos outros. Se a sociedade sofre… nós também sofremos.images

Não podemos escapar à necessidade de amor e compaixão, mas podemos rejeitar doutrina e religião.

Nosso próprio coração e a nossa mente são o templo. A doutrina é a compaixão. Amor pelos outros e respeito por seus direitos e a sua dignidade, sejam eles quem forem, é só afinal o que precisamos ter.