Arquivo da Categoria: Para pensar

Envelheço

…quando fecho me para novas ideias e torno-me radical.

…quando o novo assusta-me. E minha mente insiste em não aceitar isso.

…quando torno-me impaciente, intransigente e não consigo dialogar.

…quando o meu pensamento abandona sua casa. E retorna sem nada a acrescentar.

…quando me preocupo demais, e depois culpo-me por não ter tido tantos motivos para me preocupar.

…quando penso demasiadamente em mim mesmo e consequentemente me esqueço dos outros.

…quando penso em ousar e já antevejo o preço que terei que pagar pelo ato, mesmo que os fatos insistam em me contrariar.

…quando tenho a hipótese de amar e deixo o coração que se põe a pensar.

Será que vale a pena correr o risco de me dar?

Será que vai compensar?

…quando permito que o cansaço e o desalento tomem conta da minha alma e me ponha a lamentar.

…enfim quando, paro de lutar.

Abraço! E força para todos que andam aí

images

Fonte : momentos-pps

5 passos para acabar com a ansiedade

2 – Respire certo

respire-e-libere-tudo-que-nao-mais-lhe-e-util-2030-3

Preste atenção na sua respiração agora. Quando estamos ansiosas(o), respiramos mais rapidamente, com a parte de cima dos pulmões, de modo curto. Isso não acontece só durante uma crise de ansiedade, mas quando você anda preocupada demais. O problema é que, respirando assim, dificilmente conseguimos relaxar.

Exercícios de respiração são importantes porque é impossível acalmar os pensamentos com a respiração descontrolada.

Três minutos por dia de respiração certa trazem um efeito calmante que interfere no seu dia inteiro.

Pode ser até menos… quando estiver nervoso(a), pare e respire profundamente. Reserve um tempinho para prestar atenção na respiração, no movimento do tórax, além de tirar o foco dos pensamentos, você estará se conectando também com o seu corpo. Isso, por si só, nos aproxima da realidade e tem um efeito muito relaxante.

– Sente-se em um local confortável.

– Coloque a mão sobre o abdômen.

– Inspire bem lentamente, tentando levar o ar para a parte de baixo dos pulmões – até sentir a mão apoiada no abdômen subir.

– Perceba que, ao inspirar, o abdômen se expande e o seu peito quase não se move.

– Expire – pelo nariz ou pela boca.

– Repita 10 vezes. Para manter um ritmo lento e constante, conte até quatro para inspirar e também para expirar.

Fonte : Desconhecido, se alguém souber a origem disto irei dar o credito merecido!

Segunda Parte

5 passos para acabar com a ansiedade

1 – Acabe com o “E se…”

A ansiedade sempre aparece quando antecipamos tragicamente uma situação. Como se uma voz interna criasse, incessantemente, versões cada vez mais complicadas da realidade. Num momento de crise de ansiedade começamos a pensar coisas do tipo:

“E se eu perder o meu emprego?

E se eu não conseguir pagar a renda?

E se eu for para o olho da rua?”

Perceba…. sempre que há um pensamento ansioso, capaz de alimentar sua mente com possibilidades assustadoras porém pouco prováveis de acontecer.

A frase começa com “e se…”transferir

 

Durante essa conversa interna, você super estima
as consequências de um problema ao mesmo tempo em que subestima a sua capacidade de lidar com ele. É preciso reconhecer o perigo do discurso “e se” para reassumir o controlo da situação. Esse seria o primeiro passo.

A etapa seguinte é desmontar racionalmente, frase por frase, todos os argumentos que estimulavam a sua inquietação.

Identifique os pensamentos distorcidos escrevendo em um papel tudo o que você fica se dizendo que começa com “e se…”.

Depois avalie probabilidades sendo sincero consigo mesmo vendo qual é a probabilidade real do seu pensamento ser coerente com a realidade. Se você pensa, por exemplo, que pode perder o emprego por causa da crise económica mundial, avalie qual é o risco disso realmente acontecer. Uma vez que ocorra, imagine qual é a possibilidade de você ficar sem tecto do dia para noite. Faça esse questionamento com qualquer pensamento negativo que aparecer.

Se mantenha focado na sua capacidade. Se o pior acontecer, quem disse que não haveria hipótese de se reerguer? Se muita gente passa por isso, por que você seria a única a não reagir? Ao fazer esse exercício, consegue olhar com mais clareza para o presente e ter uma previsão menos ameaçadora do futuro mais próximo. Com isso, o nível de ansiedade diminui.

 

Fonte : Desconhecido, se alguém souber a origem disto irei dar o credito merecido!

Irei dividir isto em 5, para evitar ficar muito grande.

 

A luta entre dois lobos

 

Uma noite, um velho índio contou ao neto sobre uma batalha que acontece dentro das pessoas.
Ele disse:
– Há uma batalha entre dois lobos dentro de todos nós.
Um é mau: é a raiva, a inveja, o ciúme, a tristeza, o desgosto, a cobiça, a arrogância, o medo, pena de si mesmo, a culpa, o ressentimento, a inferioridade, as mentiras, o orgulho falso, a superioridade e o ego.
O outro é bom: é a alegria, a paz, a esperança, a serenidade, a humildade, a bondade, a benevolência, a empatia, a generosidade, a verdade, a compaixão, a fé.
O neto pensou naquilo por alguns minutos e perguntou:
– Qual o lobo que vence?
E o velho índio respondeu:

– O que você alimenta…

1311430745487_f

 

Fonte: Desconhecido. Partilho porque adorei a simplicidade da historia.