5 passos para acabar com a ansiedade

1 – Acabe com o “E se…”

A ansiedade sempre aparece quando antecipamos tragicamente uma situação. Como se uma voz interna criasse, incessantemente, versões cada vez mais complicadas da realidade. Num momento de crise de ansiedade começamos a pensar coisas do tipo:

“E se eu perder o meu emprego?

E se eu não conseguir pagar a renda?

E se eu for para o olho da rua?”

Perceba…. sempre que há um pensamento ansioso, capaz de alimentar sua mente com possibilidades assustadoras porém pouco prováveis de acontecer.

A frase começa com “e se…”transferir

 

Durante essa conversa interna, você super estima
as consequências de um problema ao mesmo tempo em que subestima a sua capacidade de lidar com ele. É preciso reconhecer o perigo do discurso “e se” para reassumir o controlo da situação. Esse seria o primeiro passo.

A etapa seguinte é desmontar racionalmente, frase por frase, todos os argumentos que estimulavam a sua inquietação.

Identifique os pensamentos distorcidos escrevendo em um papel tudo o que você fica se dizendo que começa com “e se…”.

Depois avalie probabilidades sendo sincero consigo mesmo vendo qual é a probabilidade real do seu pensamento ser coerente com a realidade. Se você pensa, por exemplo, que pode perder o emprego por causa da crise económica mundial, avalie qual é o risco disso realmente acontecer. Uma vez que ocorra, imagine qual é a possibilidade de você ficar sem tecto do dia para noite. Faça esse questionamento com qualquer pensamento negativo que aparecer.

Se mantenha focado na sua capacidade. Se o pior acontecer, quem disse que não haveria hipótese de se reerguer? Se muita gente passa por isso, por que você seria a única a não reagir? Ao fazer esse exercício, consegue olhar com mais clareza para o presente e ter uma previsão menos ameaçadora do futuro mais próximo. Com isso, o nível de ansiedade diminui.

 

Fonte : Desconhecido, se alguém souber a origem disto irei dar o credito merecido!

Irei dividir isto em 5, para evitar ficar muito grande.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *